A Fenassec - Federação Nacional das Secretárias(os), para atender um de seus objetivos - Desenvolvimento do ser humano como um todo: do estudante ao aposentado -, sempre em sintonia com os padrões internacionais e de vanguarda, por tratar-se de uma das profissões que mais cresce no mercado, desde 2002 vem realizando Fóruns Nacional de Debates sobre Competências Profissionais.

Na sua primeira edição tratou da "Qualificação e Requalificação dos Profissionais de Secretariado"; na segunda (2004) o tema foi "Da formação que temos à atuação que o mercado exige".

Cargos novos, como os de web designers e estilistas, são ocupações com maior chance de remuneração elevada.

Profissionais que ocupam cargos criados recentemente, como estilistas e web designers, têm mais chance de receber maior aumento de salário do que os que ganham a vida em profissões tradicionais, como médicos e advogados. A afirmação vem a partir Pesquisa Salarial e de Benefícios da Catho Online, site de empregos.

Conforme o levantamento, entre junho de 2005 e junho deste ano, o crescimento salarial dos cargos novos foi 7,97% maior do que para cargos convencionais. Os primeiros receberam, em média, aumento de 15,27%, ao passo que os últimos tiveram 6,76%. A Catho Online considera tradicionais as profissões que já têm processos de trabalho estabelecidos.

Profissionais estão se aperfeiçoando cada vez mais e exigem que o diploma seja respeitado.

Quando alguém diz "secretária", em geral nos vem à mente a imagem de uma mulher discreta e elegante em um tailleur, uma expressão neutra e eficiente no rosto, anotando alguma coisa e falando ao telefone. A figura descrita acima ainda pode ser encontrada em alguns escritórios, mas não se engane: o perfil das secretárias está mudando, e elas não são mais seres sem liderança e sem opinião, cujas funções se restringem às tarefas automáticas de intermediação de ligações e do cafezinho.

No próximo 30 de setembro, Dia da Secretária, a profissão completa 20 anos de regulamentação no Brasil e em grande estilo: com curso superior de Secretariado Executivo. O curso prepara profissionais da área para tornarem-se cada vez mais assessores e gestores, e não mais peças secundárias no funcionamento da empresa.

Página 2 de 2