Completamos este mês a centésima edição do Boletim Informativo, no qual procuramos discorrer em pouco espaço sobre assuntos que acreditamos ser de interesse da categoria. Também estamos comemorando os 33 anos de regulamentação da profissão no dia 30. São diversas as conquistas obtidas nesse período, mas temos muito a buscar ainda, como é o caso do Conselho, órgão regulador do exercício da profissão.

Há alguns bons anos o SISDF, mesmo não tendo o poder de disciplina dos conselhos, faz esse papel. Isso devido ao fato de ter conseguido negociar a colocação de uma cláusula que exige a obrigatoriedade do registro profissional no ato da contratação, nas Convenções Coletivas de Trabalho que assina com vários segmentos econômicos. Desta forma, conseguiu-se que no Distrito Federal os trabalhadores em secretariado só exerçam a profissão com a devida habilitação.

Mas todo esse trabalho está ameaçado e podemos voltar ao período no qual qualquer pessoa podia "ser" secretária e/ou secretário, mesmo não tendo curso específico e sem o registro. Isso porque com o fim da obrigatoriedade de cobrança da contribuição sindical e o grande número de profissionais que fizeram oposição ao desconto da contribuição assistencial, o sindicato corre o risco de não ter como se manter. E aí ficaremos sem o órgão fiscalizador que ainda não conquistamos (conselho) e sem a entidade (SISDF) que faz esse trabalho, mesmo não sendo sua prerrogativa.

Somos sabedores que alguns profissionais, além da filiação, são contribuintes e cônscios da importância do sindicato e do prejuízo que seria para a categoria deixar de tê-lo. A estes solicitamos que sejam um ente replicador e conscientizador junto aos colegas para que também se filiem e autorizem seus empregadores a descontar o valor do imposto sindical que pode garantir o emprego, o salário diferenciado, os benefícios como o vale alimentação além de outros direitos adquiridos como é o caso dos Planos de Saúde e Odontológico gratuitos e até mesmo a continuidade dos cursos profissionalizantes.

Portanto, vamos comemorar o mês da secretária e do secretário com o compromisso de manter a entidade que luta pelos direitos, benefícios e garantia de emprego aos que são devidamente habilitados (com registro profissional). A responsabilidade é de todos...

NOVEMBRO AZUL